Entrevista com o Sonhador

Entrevista com Paulo Ricardo Souza Júnior, autor do livro intitulado ASTRA – O Guerreiro da Luz, realizada em 09/07/2013.

Do que se trata essa obra?

Trata-se de uma aventura do gênero “Realismo Fantástico”. É uma viagem de descoberta tanto interior quanto exterior, onde os personagens trilham por muitos caminhos, encontrando-se muitas vezes na necessidade de decifrar enigmas, pois a vida deles depende disso. Surgem também muitas questões a respeito de Deus e de seus desígnios. O texto é divido em três partes. Na primeira parte o leitor viajará numa dimensão de existência etérea e de muita pureza, de onde se origina a motivação de tudo. A segunda parte é um contraste abrupto entre o espiritual e o mundano, onde se vê o cotidiano da vida com todos os seus problemas, ilusões e frustrações. É um verdadeiro choque, pois de uma atmosfera elevadíssima de felicidade, mergulha-se num mundo carnal, vil, mesquinho, mau, contrastando com a coexistência da alegria, da bondade, e do amor, ou seja, a dualidade das crenças e relacionamentos humanos. Também aí, ocorre uma intensa história de amor, muito bonita e até mesmo apaixonante. A terceira parte é uma jornada espiritual, onde os personagens são transformados em outros, passando então a enfrentar desafios avassaladores numa específica dimensão chamada de: A Trilha dos Desafios. Nessa etapa acontecem muitas surpresas, e até mesmo reviravoltas acarretando situações inesperadas na narrativa. Cada desafio vai levantar temas e discussões acrescentando aprendizado ao leitor. A obra foi ilustrada pela minha mulher, sendo que os desenhos enriqueceram toda a história, realçando o contexto de cada capítulo. O final é simplesmente surpreendente.

Qual a principal mensagem?

O livro propõe um desafio ao leitor: o de entrar na narrativa e de participar das aventuras dos personagens, ora chorando, ora rindo, entristecendo-se, alegrando-se; enfim, sentindo como se estivesse vivendo dentro da história. Essencialmente o tema tratado é o drama humano, com todas as suas adversidades e problemas de relacionamento, bem como questionamentos a respeito da própria existência. Dentro desse contexto, a obra expõe algumas respostas que, eu, como autor, encontrei ao longo da minha vida. O livro não tem a pretensão de responder às perguntas individuais e dar soluções para a dramaticidade humana, porém, de uma forma cativante, se o leitor assim se permitir, um Caminho a seguir é claramente apontado. Cada pessoa vai decidir por si mesma se aceita encarar nessa jornada de mistérios da sua própria vida, ou não.

Como veio a ideia de escrever essa história?

Pode parecer brincadeira, mas a inspiração veio durante a partida de futebol entre a seleção brasileira e a seleção holandesa na Copa do Mundo de 1994. As ideias iniciais foram tão fortes que tive que parar de assistir ao jogo por alguns momentos, e começar a escrever. Nos dias seguintes continuei a desenvolver a narrativa, a mão livre mesmo; também fazia desenhos e ilustrações, pois a princípio eu acreditava que essa história era destinada ao público infantil. Depois percebi que na verdade ela era indicada para os jovens, e para os adultos também. Ao longo dos anos, entre outras atividades que exerci, fui fazendo muitas anotações, rascunhos, e idealizando a organização dos capítulos. A partir de 2010 me determinei a passar tudo para o computador e escrever a parte que faltava. A construção da história veio como se ela tivesse vida própria, o que me impressionou muito, pois eu não tinha noção do que era ser escritor, e isso me soava estranho: Como uma história pode se fazer sozinha? Eu não entendia isso. Até que uma escritora, conhecida minha, esclareceu que era assim mesmo. Então relaxei, e deixei a criatividade à vontade. Depois enfrentei o desafio de revisar a obra e tive que fazer muitas alterações visando uma leitura mais fluida e agradável.

Os temas tratados tem alguma coisa a ver com a sua vida pessoal?

Em certa medida, sim. Muitas coisas eu vivenciei, outras vi acontecer na vida de pessoas da família, e outras na vida de conhecidos. Hoje, com uma visão mais crítica, percebo a influência que, com o passar do tempo, agiu sobre a minha mente criando situações e argumentos dentro da narrativa. Poderia citar vários autores, livros e filmes, dos quais tomei conhecimento, no entanto, a influência maior e determinante, que norteou toda a mensagem, foi a leitura e o estudo da Bíblia Sagrada, bem como a inspiração do Espírito Santo de Deus. Porque sem a influência de Jesus Cristo, o desenrolar dos acontecimentos, ainda que seja uma ficção, não teria sentido.

Para quem você recomenda a leitura desse livro?

A leitura é recomendada a todos que gostam de aventura, que curtem uma narrativa cheia de mistérios, e para quem aprecia uma história de amor, onde os personagens abrem mão de muita coisa para ficarem juntos. O tema faz a gente pensar muito. De certo modo eu considero até um livro de autoajuda, por tudo o que é ensinado. Também recomendo especialmente ao público jovem e adolescente, pois a nossa juventude precisa se inspirar em personagens que acreditam no Bem Superior, que amam, e que estão realmente preocupados com os caminhos que o ser humano tem tomado, e as consequências que este tem sofrido. A minha opinião como leitor; e essa faço questão de deixar: é que me apaixonei por essa obra. É a história mais linda que já li. 

 

Blog

Crônica - O Pão do Céu

JESUS CRISTO CRÔNICA – O PÃO DO CÉU             Eis aqui à nossa frente Irmãos, pães feitos com ingredientes terrenos, produzidos a partir da mistura da farinha (flor de farinha), do sal marinho, do açúcar mascavo, do azeite extra virgem de oliveira e do fermento,...
Leia mais

Pensamentos - 02

“Não erreis, meus amados irmãos. Toda a dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança, nem sombra de variação. Segundo a sua vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos primícias das suas criaturas”. Tiago 1: 16-18   Quando nos...
Leia mais

Pensamentos - 01

“E isto digo, conhecendo o tempo, que é já hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está, agora, mais perto de nós do que quando aceitamos a fé. A noite é passada, e o dia é chegado. Rejeitemos, pois, as obras das trevas e vistamo-nos das armas da luz”. Romanos 13: 11-12 Aceitar Jesus...
Leia mais

Conto: A Flor

A Flor    E passeava um Anjo voando sobre um pântano, e em meio à névoa e à podridão que havia naquele lugar, viu uma belíssima flor que exuberantemente crescia. E após percebê-la, foi depressa contar ao Senhor: - Senhor! Hoje vi uma linda flor que cresce de forma maravilhosa naquele...
Leia mais

Poema: O Anjo

O Anjo Não sei se era mulher, ou se era anjo. Anjo em forma de mulher? Ou mulher em forma de anjo?   Não dá pra dizer Tim-Tim por Tim-Tim. O olhar dela não olhava pra mim. Mas, ao Espírito fitava sim. A cena era assim:   Luz em forma de glacê? Ou glacê em forma de luz? O impacto me...
Leia mais

Poesia: Ah, se tu soubesses...

  Ah, se tu soubesses... Ah, se tu soubesses do Paraíso que preparei pra ti... Ah, se tu soubesses dos tesouros que aqui nos Céus te esperam... Ah, se tu soubesses da Alegria e do Amor em que foste criado... Ah, se tu soubesses das viagens que Eu quero fazer contigo... Ah, se tu...
Leia mais

Poesia: Ah, se tu pudesses...

Ah, se tu pudesses... Ah, se tu pudesses ver aquilo que está além do horizonte... Ah, se tu pudesses ver o Sol que está atrás das nuvens... Ah, se tu pudesses experimentar a água cristalina que desce do Céu... Ah, se tu pudesses sentir o Amor Infinito que emana de toda a criação... Ah, se tu...
Leia mais

Poema: O Salto

O Salto Não pensei, na contagem automática, repentinamente me lancei. Um pequeno tormento, sucumbiu frente a tão sublime momento.   Abaixo, numa poderosa atração, o Éden me puxava. E eu, numa profunda paixão, extasiado o olhava.   Acima, num azul tão perfeito, rapidamente um par de asas...
Leia mais

Poema: A Palavra de Deus

A Palavra de Deus Palavra verdadeira; Sim, Palavra que vem inteira. Palavra de amor; Sim, Palavra que me ensina o teu temor. Palavra que repreende; Palavra tão forte que a gente entende. Palavra de Salvação! Glória a Deus, que me traz consolação! Palavra de Sabedoria; Sim, Palavra que me traz...
Leia mais

Poema: A Felicidade

Felicidade Alegria e Fervor, Sabor e Cor, Inspiração, Cheiro e Calor, Vem Senhor! E cantemos! Exultemos! Quanta Graça! E viveremos, Na Paz do teu Amor.   (Extraído do livro "DEUS é POETA - Contos, Crônicas e Poesias e também do livro "ASTRA - O Guerreiro da Luz", ambos de autoria de Paulo...
Leia mais

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!